História da Festa de Sant'Ana
Menu de Artigos
Divulgação de Eventos da Paróquia
Conheça nossas Pastorais
Saiba mais sobre nossas comunidades
Horários de Missas, Casamentos e Batizados
Menu de Avisos
Menu de Notícias
Menu de Orações
Hinos - Letras e Músicas
Jornal Catedral Informa - PDF

Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém!


GLÓRIA AO PAI

Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no principio, agora e sempre. Amém!


PAI-NOSSO

Pai Nosso, que estais nos céus,
santificado seja o Vosso nome;
venha a nós o Vosso Reino.
seja feita a Vossa vontade,
assim na terra como no céu;
o pão nosso de cada dia nos daí hoje;
perdoai-nos as nossas ofensas,
assim como nós perdoamos
a quem nos tem ofendido;
e não nos deixeis caie em tentação,
mas livrai-nos do mal. Amém!


CREIO (Símbolo dos Apóstolos)

Creio em Deus Pai todo-poderoso, criador do céu e da terra.
E em Jesus Cristo, seu único Filho, Nosso Senhor,
que foi concebido pelo poder do Espírito Santo;
nasceu da Virgem Maria;
padeceu sob Pôncio Pilatos,
foi crucificado, morto e sepultado.
Desceu à mansão dos mortos;
ressuscitou ao terceiro dia,
subiu aos céus;
está sentado à direita de Deus Pai todo-poderoso,
donde há de vir a julgar os vivos e os mortos.
Creio no Espírito Santo;
na Santa Igreja Católica,
na comunhão dos santos;
na remissão dos pecados;
na ressurreição da carne;
na vida eterna.
Amém!


AVE-MARIA

Ave, Maria, cheia de graça,
o Senhor é convosco,
bendita sois Vós entre as mulheres,
e bendito é o fruto do Vosso ventre, Jesus.
Santa Maria, Mãe de Deus,
rogai por nós pecadores,
agora e na hora de nossa morte.
Amém!


ESPÍRITO SANTO

Vinde Espírito Santo, enchei os corações dos vossos fiéis, e acendei neles o fogo do vosso amor. Enviais Senhor o vosso espírito e tudo será criado, e renovareis a face da terra.
OREMOS: Ó Deus que instruístes os corações dos vossos fieis, com a luz do Espírito Santo, fazei que apreciemos retamente todas as coisas, segundo o mesmo espírito. E gozemos sempre da sua consolação. Por Cristo, Senhor Nosso. Amém!


ANGELUS

- O anjo do Senhor anunciou a Maria...
- E ela concebeu do Espírito Santo.
Ave, Maria...

- Eis aqui a serva do Senhor...
- Faça-se em segundo a vossa palavra.
Ave, Maria...

- E o verbo se fez carne...
- E habitou entre nós.
Ave, Maria...

- Rogai por nós, santa Mãe de Deus...
- Para que sejamos dignos das promessas de Cristo.

OREMOS: Infundi, Senhor, em nossas almas, a Vossa graça, para que nós que conhecemos pela Anunciação do Anjo a Encarnação de Jesus Cristo, Vosso Filho, cheguemos por sua Paixão e Cruz à glória da Ressurreição. Por Cristo, Nosso Senhor.


ORAÇÃO PENITENCIAL

Confesso a Deus todo-poderoso
E vós, irmãos e irmãs,
Que pequei muitas vezes
Por pensamentos e palavras,
Atos e omissões,
Por minha culpa, minha tão grande culpa.
E peço à Virgem Maria,
Aos anjos e santos
E a vós, irmãos e irmãs,
Que rogueis por mim a Deus, Nosso Senhor.


GLÓRIA

Glória Deus nas alturas,
E paz na terra aos homens por ele amados.
Senhor Deus, rei dos céus,
Deus Pai todo-poderoso:
Nós vos louvamos,
Nós vos bendizemos,
Nós vos adoramos,
Nós vos glorificamos,
Nós vos damos graças
Por vossa imensa glória.
Senhor Jesus Cristo, Filho Unigênito,
Senhor Deus, Cordeiro de Deus,
Filho de Deus Pai.
Vós que tirais o pecado do mundo,
Tende piedade de nós.
Vós que tirais o pecado do mundo,
Acolhei a nossa súplica.
Vós, que estai à direita do Pai,
Tende piedade de nós.
Só vós o Santo,
Só vós, o Senhor,
Só vós, o Altíssimo,
Jesus Cristo,
Com o Espírito Santo,
Na Glória de Deus Pai.


SANTO

Santo, Santo, Santo,
Senhor, Deus do universo!
O céu e a terra proclamam a vossa glória.
Hosana nas alturas!
Bendito o que vem
Em nome do Senhor!
Hosana nas alturas!


CORDEIRO DE DEUS

Cordeiro de Deus,
que tirais o pecado do mundo,
tende piedade de nós.
Cordeiro de Deus,
que tirais o pecado do mundo,
tende piedade de nós.
Cordeiro de Deus,
que tirais o pecado do mundo,
dai-nos a paz.


MAGNIFICAT

A minha alma engrandece ao Senhor,
E se alegrou o meu espírito em Deus, meu Salvador,
pois, ele viu a pequenez de sua serva,
Desde agora as gerações hão de chamar-me de bendita.
O poderoso fez por mim maravilhas
E santo é o seu nome!
Seu amor, de geração em geração,
Chega a todos que o respeitam.

Demonstrou o poder de seu braço,
Dispersou os orgulhosos.
Derrubou os poderosos de seus tronos
E os humildes exaltou.

De bens saciou os famintos,
E despediu, sem nada, os ricos.
Acolheu Israel, seu servidor,
Fiel ao seu amor.

Como havia prometido aos nossos pais,
em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre.
Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no principio, agora e sempre.
Amém.


BENEDICTUS (Cântico de Zacarias)

Bendito seja o Senhor Deus de Israel,
Porque a seu povo visitou e libertou;
e fez surgir um poderoso Salvador
na casa de Davi, seu servidor,
como falara pela boca de seus santos,
os profetas desde os tempos mais antigos,
para salvar-nos do poder dos inimigos
e da mão de todos quantos nos odeiam.
Assim mostrou misericórdia a nosso pais,
Recordando a sua santa aliança
e o juramento a Abraão, o nosso pai,
de conceder-nos que, libertos do inimigo,
a ele nós sirvamos sem temor
em santidade e em justiça diante dele,
enquanto perdurarem nossos dias.
Serás profeta do Altíssimo, ó menino,
pois irás andando à frente do Senhor
para aplainar e preparar os seus caminhos,
anunciando ao seu povo a salvação,
que está na remissão de seus pecados,
pela bondade, e compaixão de nosso Deus,
que sobre nós fará brilhar o Sol nascente,
para iluminar a quantos jazem entre as trevas,
e na sombra da morte estão sentados
e para dirigir os nossos passos,
guiando-os no caminho da paz.
Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no principio, agora e sempre.
Amém.

Deixai, agora vosso servo ir em paz,
Conforme prometestes, ó Senhor.
Pois meus olhos viram vossa salvação
Que preparastes ante a face das nações:
Uma luz que brilhará para os gentios
E para a glória de Israel, o vosso povo.
Gloria ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no principio, agora e sempre.
Amém.


ORAÇÃO DA MANHÃ

Senhor, no silêncio deste dia que amanhece, venho pedir-vos força, sabedoria, paz. Quero olhar hoje o mundo com olhos cheios de amor; ser paciente, compreensivo, justo, equilibrado; quero ver, além das aparências, vossos filhos como os vedes, e assim só ver o bem em cada um. Cerrai meus ouvidos a toda calúnia, guardai minha linha de toda maldade. Que só concórdia viva o meu espírito. Seja eu tão bom e alegre que todos quantos se achegarem a mim sintam a vossa presença. Revesti-me interiormente de vossa beleza, Senhor, e que no descurso deste dia eu vos revele a todos. Amem.


ORAÇÃO DA NOITE

Obrigado, Senhor, por tudo que consegui fazer hoje, para minha comunidade para quem trabalhei, pelos amigos que me destes. Dá gosto, Senhor, trabalhar convosco na construção de uma humanidade mais feliz e de um mundo mais humano. No entanto, Senhor, Vos peço perdão por aquilo que poderia ter feito e não fiz. Poderia Ter dado e exigido um pouco mais de mim. Amanhã, porém, terei uma nova oportunidade. Farei aquilo que estiver dentro de minhas possibilidades. Espero encontrar-vos novamente amanhã, fortalecido com vossa graça, para realizar os propósitos que hoje removo na vossa presença.


TERÇO

Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Oferecimento
Divino Jesus, nós vos oferecemos este terço que vamos rezar, contemplando os mistérios de vossa redenção. Concedei-nos, pela intercessão de Maria, vossa mãe santíssima, a quem nos dirigimos, as virtudes que nos são necessárias para bem rezá-lo e a graça de ganhar as indulgências anexas a esta santa devoção.

Creio em Deus Pai, Pai Nosso, 3 Ave-Marias, Glória ao Pai.

Mistérios Gozosos (Segundas-feiras e Sábados)

I) A Anunciação do Arcanjo São Gabriel a Nossa Senhora
"A Virgem se chamava Maria. O anjo entrou onde ela estava disse: "Alegra-te, cheia de graça! O Senhor está contigo" (Lc 1, 28).

II) A Visita de Nossa Senhora à sua Prima Isabel
"Logo que Isabel ouviu a saudação de Maria, o Menino saltou em seu ventre, e Isabel ficou cheia do Espírito Santo e exclamou em alta voz: Bendita és tu entre as mulheres e bendito o fruto do teu ventre" (Lc 1, 41-42).

III) O Nascimento de Jesus em Belém
"Maria deu à luz seu filho primogênito, envolveu-o em faixas e o reclinou em uma manjedoura. Porque não havia lugar para eles na hospedaria" (Lc 2, 7).

IV) A Apresentação de Jesus no Templo
"José e Maria levaram o Menino a Jerusalém para apresentá-lo ao Senhor, em obediência ao que está prescrito na Lei do Senhor: "Todo primogênito masculino será consagrado ao Senhor" (Lc 2, 22-28).

V) Reencontro de Jesus o Templo entre os Doutores da Lei
"Depois de três dias o encontraram no templo, assentado no meio dos doutores, ouvindo-os e interrogando-os. Todos os que o ouviam estavam maravilhados de sua sabedoria e de suas respostas" (Lc 2, 46).

Mistérios Dolorosos (Terças-feiras e Sextas-feiras)

I) A Agonia de Jesus no Horto das Oliveiras
"Ao pensar em tanta dor que haveria de sofrer, pediu ao Pai, que se fosse possível, que afastasse dele aquele cálice, mas que se cumprisse a sua vontade. Com tanta dor, Cristo orou e suou sangue com gotas que corriam até o solo" (Lc 22, 44-45)

II) A Flagelação de Jesus
"Pilatos tomou então a Jesus e mandou açoitá-lo. Jesus é amarrado a uma coluna e chicoteado, dilacerado pelos soldados romanos, que quase o mataram" (Jô 19, 17).

III) A Coroação de Espinhos
"Tiraram-lhe a roupa e o vestiram com um manto vermelho, traçaram uma coroa de espinhos, puseram-na em sua cabeça e uma vara na mão direita" (Mt 27, 28-29).

IV) A Subida Dolorosa do Calvário
"Carregando a sua cruz, Ele saiu para o seu lugar chamando Calvário (em hebraico: Gólgota). Lá, eles o crucificaram com outros dois, um de cada lado, ficando Jesus no meio" (Jô 19, 17-18).

V) A Morte de Jesus
"Gritando com voz forte, Jesus exclamou: Pai, em vossas mãos entrego meu espírito. Dizendo isto, expirou" (Lc 23, 46).

Mistérios Gloriosos (Quartas-feiras e Domingos)

I) A Ressurreição de Nosso Senhor Jesus Cristo
"Não vos amedronteis. Procurais a Jesus de Nazaré, que foi crucificado. Já ressuscitou. Não está aqui. Vede o lugar onde o colocaram" (Mt 28, 6-7).

II) A Ascensão Admirável de Jesus Cristo ao Céu
"Depois de assim lhes ter falado, o Senhor Jesus elevou-se ao Céu e está sentado à direita de Deus Pai, e vive e reina para sempre" (Mc 6, 16).

III) A Vinda do Espírito Santo
"Todos ficaram cheios do Espírito Santo e começaram à falar em outras línguas, conforme o Espírito Santo lhes concedia expressar-se" (At 2, 4)

IV) A Assunção de Nossa Senhora ao Céu
"Como em Adão todos morrem, assim em Cristo todos serão vivificados. Pois é preciso que este ser corruptível se vista de incorruptível e este ser mortal se vista de imortalidade" (1Cor 15, 22.53).

V) A Coroação de Nossa Senhora no Céu
"Grande e maravilhoso sinal apareceu no céu: uma mulher com o sol a servir-lhe de manto, com a lua debaixo dos pés, e uma coroa de doze estrelas e cingir-lhes a cabeça" (Ap 12, 1).

Mistérios Luminosos (Quintas-feiras)

I) O Batismo de Jesus no Jordão
"Veio Jesus de Nazaré, da Galiléia, e foi batizado por João no Jordão. No momento em que Jesus saía da água, João viu os céus abertos, e descer o Espírito, em forma de pomba, sobre Ele. E ouviu-se dos céus uma voz: "Tu és o meu Filho muito amado; em Ti ponho minha afeição" (Mc 1, 9-11).

II) A Auto-Revelação de Jesus nas Bodas de Canaã
"Celebravam-se bodas em Canaã da Galiléia. Jesus ordena-lhes: "Enchei as talhas de água". Eles encheram-nas até em cima. "Tirai agora, disse-lhes Jesus, e levai ao chefe dos serventes". E levaram. O chefe dos serventes provou da água tornada vinho, chamou o esposo e disse-lhe: "É costume servir primeiro o vinho bom, e depois, servir o menos bom. Mas, tu guardaste o vinho melhor até agora". Foi o primeiro milagre de Jesus; realizou-o em Canaã da Galiléia. Manifestou a sua glória, e os seus discípulos creram nele" (Jô 2, 1.7-9.11).

III) O Anuncio por Jesus do reino de Deus com o Convite à Conversão
"Depois que João foi preso, Jesus dirigiu-se para a Galiléia. Pregava o Evangelho de Deus, e dizia: "Completou-se o tempo e o Reino de Deus está próximo: fazei penitência e crede no Evangelho" (Mc 1, 14-15).

IV) A Transfiguração de Jesus
"Seis dias depois, Jesus tomou consigo a Pedro, Tiago e João, e conduzi-os a um alto monte, e transfigurou-se diante deles. Suas vestes tornaram-se resplandecentes de uma brancura tal que nenhum lavadeiro sobre a terra as pode fazer assim tão brancas" (Mc 9, 2-3).

V) A Instituição da Eucaristia por Jesus, Expressão Sacramental do Mistério Pascal
"Enquanto estavam comendo, Jesus tomou o pão, pronunciou a bênção, partiu-o e lhes deu, dizendo: "Tomai, isto é o meu corpo". Depois, pegou o cálice, deu graças, passou-o a eles, e todos beberam. E disse-lhes: "Este é o meu sangue da nova Aliança, que é derramado por muitos. Em verdade, não beberei mais do fruto da videira até o dia em que beberei o vinho novo no Reino de Deus" (Mc 14, 22-25).


Paróquia da Catedral Metropolitana de Sant'Ana
Praça Monsenhor Renato de Andrade Galvão, s/nº - Centro
44015-020 - Feira de Santana, Bahia
Telefones: (75) 3223-7366 / 3623-0055
E-mail: paroquia@catedraldesantana.com.br
Webmail (acesso restrito)
 Copyright © 2009 Catedral Metropolitana de Sant'Ana Desenvolvido por IDEIA.COM.BR