CHEGUEI AOS 80 ANOS

CHEGUEI AOS 80 ANOS

Nunca pensei chegar aos 80 anos de idade. Sempre imaginei que se chegasse aos 70, já estaria no lucro, porque, até mesmo a Bíblia, nos afirma: “Setenta anos é a duração de nossa vida, os mais fortes, talvez, cheguem a oitenta” (Sl 90,10). Não por mérito, mas por graça de Deus, neste dia 27 de agosto, vou celebrar 80 anos de vida e missão.

O DIA DE NOSSO aniversário é sempre muito especial. Nesse dia, normalmente, é que nos damos conta de que a vida é preciosa. Todos nós, cada um a seu modo, estamos sempre crescendo. Cada vida é muito importante para Deus e tem grandes razões para crescer, basta não ficar lamentando o passado e viver o tempo presente, com fé em Deus e servindo a todos.

OLHANDO para trás, ao completar 80 anos de vida, vejo que poderia ter feito muitas coisas, bem melhor do que fiz, especialmente, considerando tudo o que aprendi nesses muitos anos vividos. Contudo, o que fiz, com certeza, o fiz da melhor maneira possível, considerando o que eu sabia e o que eu era capaz de fazer, naquele momento.

SE FIZ ALGUMA coisa não tão boa, nem tão bem, aquilo era exatamente o que eu sabia e poderia ter feito naquele instante. E o fiz da melhor maneira possível. Hoje, certamente, faria melhor porque sempre tenho muito que aprender. Se voltasse no tempo, sabendo tudo o que aprendi até hoje, muitas coisas que achei ter feito bem, as faria diferente.

AO INVÉS de ficar dizendo hoje, como deveria ter feito ontem, o certo será procurar fazer melhor o que estou fazendo agora, o que me é dado fazer neste momento, pois é nele e somente nele, que eu estou vivendo! Nada posso mudar do ontem, porém, bem melhor posso fazer o hoje. “Em tudo busco, não o que é vantajoso para mim, mas o que é bom para todos”. (1 Cor 10,33).

ASSIM, aos 80 anos de vida, olhando para trás, só tenho que agradecer a Deus por todas as graças que recebi e, a todas as pessoas que me possibilitaram essa longa vida. Suplico com o salmista: “Na velhice, com meus cabelos brancos, eu vos suplico, ó Senhor, não me abandoneis. Eu sempre em vós confiarei. Confortareis a minha idade avançada e de novo me havereis de consolar” (Sl 70). Rezem por mim para que eu faça sempre a vontade de Deus.

 

Dom Itamar Vian
Arcebispo Emérito
[email protected]

Cronicas da Semana – 24 de Agosto de 2020

Compartilhe :

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

instagram

facebook