Domingo, 19 de julho, viva o Dia da Caridade

Domingo, 19 de julho, viva o Dia da Caridade

Para Dom Walmor, o Dia da Caridade é uma “rica oportunidade”, pois convoca todas as pessoas a reconhecerem que servir tem força transformadora.

Vatican News

A Igreja no Brasil celebra neste domingo, 19 de julho, o Dia da Caridade.

“A caridade não pode ser prática efêmera, que apenas busca promover paz de consciência para quem se dispõe a ajudar. Ela deve orientar todas as dimensões da vida e da sociedade”, escreve o presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, Dom Walmor Oliveira de Azevedo.

A Palavra de Deus orienta, afirma o arcebispo de Belo Horizonte: “Não digas ao próximo: ‘Vai embora, volta amanhã, então te darei‘, quando podes dar logo!”. Agir a partir do princípio da solidariedade é urgência e desencadeia muitas mudanças, na sociedade e no próprio coração humano.

“Quem se dedica à caridade coloca-se em sintonia com o coração de Deus.”

“Se a solidariedade fosse vivida como princípio que ordena a sociedade, o mundo seria diferente, mais justo, solidário e fraterno”, escreve ainda Dom Walmor.

Para ele, o Dia da Caridade é uma “rica oportunidade”, pois convoca todas as pessoas a reconhecerem que servir tem força transformadora.

Pilares da vida em comunidade

A Caridade, com o Pão, a Palavra e a Ação Missionária, é um dos quatro pilares que devem sustentar a vida das comunidade eclesiais missionárias e a ideia da Igreja nas Casas, defendida pelas Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil de 2019 a 2023, aprovada pelo episcopado brasileiro em sua 57ª Assembleia Geral.

Compartilhe :

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

instagram

facebook