Mensagem do Pe. Ary na Conclusão do Ministério Pastoral como 16º Pároco da Catedral de Sant’Ana

“Tendo Amado os seus que estavam no mundo

Amou-os até o fim.”            Jo 13,1

 

A Palavra de Deus é a Luz que guia os passos de todo Discípulo Missionário do Senhor.

Assim, devemos buscar a cada dia, em cada encontro, nos deixar tocar e renovar pelo Amor do Pai que em Cristo Jesus, na Ação Fecunda do Espírito Santo, nos fez e nos faz Igreja na Catedral de Sant’Ana.

Concluindo, mais um capítulo da minha vida, como disse quando aqui cheguei nas minhas primeiras palavras como vosso pároco, que não escolhia um Projeto. Mas escolhi e escolho o Projetista… Jesus Cristo. É Ele é o Autor. E Ele quem escreve, quem conduz, quem dispõe… No seu Tempo, no seu Espaço, do seu modo. Jamais no meu, nem no nosso!

Para isso, buscamos, ao longo destes 6 anos em toda a nossa Ação Pastoral, ser sinal visível e acolhedor de Deus, na escola de Santana Mestra e de Nossa Senhora, tendo ao centro e como condução de tudo a PALAVRA DE DEUS – à Escuta da PALAVRA, nosso Senhor Jesus Cristo o Neto de Sant’Ana;
Centralizando a nossa vida, de fato, na LITURGIA o “Culmen et Fons ” (Cume e Fonte) – fazendo de cada Celebração um encontro pessoal com Ele
e, concretamente buscamos expressar e testemunhar em gestos de CARIDADE o Seu Mandamento de Amor: “Amai-vos uns aos outros…”
Buscarmos ser uma Comunidade Eclesial Missionaria, vivendo e nos doando ao tempo das Santas Missões Populares, que infelizmente não conseguimos realizar a Grande Semana Missionária, por causa da Pandemia, mas que com certeza o Céu se uniu a nós… com tudo que vivemos e fizemos, Lectio Divina, os retiros, as assembleias, os encontros de família…
em por fim, convocados pelo Papa Francisco, nos abrimos para ser a Igreja em um Caminho Sinodal.

Meus queridos e Amados Paroquianos…

Todos vocês fazem parte desta História e da minha história que o Senhor iniciou a escrever em mim… há 48 atrás e que há 22 anos, nesta Catedral, Ele fez seu Servo por Amor, Sacerdote da Humanidade.

Cada comunidade, cada pastoral, movimentos, grupos, forças vivas, funcionários, colaboradores, benfeitores, devotos amados de Sant’Ana, cada um que mora no meu coração e Deus sabe tão bem o nome, obrigado por terem sido Sinal e cuidado de Deus na minha vida e no meu ministério!

 

Exorto-vos, filhinhos e filhinhas, Povo Santo de Deus,a vos deixar Amar por Deus, a serem, de fato,

Discípulo Missionário do Senhor; a testemunharem em vossa casa, nesta Paróquia e na nossa Cidade que        Cristo está Vivo e Ele é o Rosto Misericordioso do Pai; a gritar, com a vossa vida, pela força e unção do Espírito Santo, que: Deus é Amor; Ele nos Ama; assumiu nossa humanidade, viveu nossa vida, Morreu e Ressuscitou, pois, quer nos Salvar amando-nos.

Deus vos abençoe, vos proteja e vos pague por todo amor, testemunho de fé, oração incessante, acolhimento, cuidado, doação, generosidade e presença amiga durante este tempo em que o Senhor me concedeu a graça de ser vosso Pároco e irmão na Fé.

Coragem… ainda temos tanto por fazer: vocês aqui, sendo fieis e obedientes a nosso querido e estimado Dom Zanoni, com nosso emérito Dom Itamar, a minha gratidão pela fraternidade e disponibilidade, como o querido e estimado Pe. Antônio (o qual expresso aqui minha gratidão e a certeza das minhas orações pela sua vida e seu ministério), com o Pe. Paulo, acolham bem ele, ajudem, rezem, apoiem, cuidem deles, se façam disponíveis, zelosos e Católicos.

Lembrem… Deus merece o melhor e Sant’Ana sempre cuida de nós e vela por esta Cidade.

 Levo cada um de vos, está Amada Paróquia, esta Igreja de Feira de Santana no coração, na oração e em cada missa que celebrar, na certeza de que cada um estará presente no altar do Senhor.

 Deus vós dê o Céu! EU VOS AMO MUITO… MUITO MESMO!!

 

Eis-me aqui Senhor!!! Renovo, uma vez mais, o meu SIM a Ti.

O SIM de todo o meu ser Presbítero. Um SIM que contém o tudo da minha entrega e doação a Ele…   Graça Absoluta Tua!!! Misericórdia ao Estado Puro!!

Mais uma vez digo: SIM SENHOR! sem perguntar como e nem porquê.

E como Maria, a virgem do Rosário de Fátima, a filha diletíssima da Senhora Sant’Ana… repito: “Ei aqui o Vosso Servo, Senhor, faça-se em mim segundo a vossa Vontade!”

 

Oh Amado Jesus Cristo… Vivo, Vivo!!!  Eu Vos Amo para Sempre Dominus meus et Deus meus!!!

 

  

Em Cristo Jesus, sob a proteção de Nossa Senhora do Rosário de Fátima, Senhora Sant’Ana nossa Excelsa Padroeira e São Domingos de Gusmão,

 

 

Pe. Arivaldo Aragão Vitória

Pároco da Catedral Metropolitana de Sant’Ana – 31/01/2016 – 20/02/2022
Catedral Metropolitana de Sant’Ana, 13 de fevereiro do ano santo do Senhor de 2022

Compartilhe :

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

instagram

facebook