Pe. Arivaldo Aragão Vitória (paroquiato 2016 a atual)

16º Pe. Arivaldo Aragão Vitória

 

Nascido na cidade de Ipirá, veio morar em Feira de Santana ainda criança, no bairro do Tomba, onde cresceu e

passou sua adolescência e primeira fase da juventude. É o segundo dos 5 filhos de Sr. Atanael e D. Cleuza.

Decide entregar sua vida totalmente ao Senhor, e em 1991 entra na Ordem dos Frades Capuchinhos. Pouco tempo depois foi acometido por uma grave enfermidade, onde pôde tocar com as mãos a misericórdia de Deus e de onde, ainda hoje, tira grandes ensinamentos e exemplos pela Mão bondosa e poderosa de Deus Pai.
Em 1993 entra na Diocese de Feira de Santana no Seminário Propedêutico de Salvador e, no ano seguinte, faz parte da primeira turma do recém-fundado Seminário Maior Santana Mestra, da Diocese de Feira de Santana, em Salvador.
Enviado à Roma em 1996 para fazer seus últimos anos de estudos Teológicos no Seminário Internacional Maria Mater Ecclesiae, foi ordenado Diácono em 25 de abril de 1999. Retornando ao Brasil exerceu o Diaconato na Paróquia de Amélia Rodrigues e no dia 08 de janeiro de 2000 foi Ordenado Presbítero pelas mãos de Dom Itamar Vian, na então Catedral de Senhora Sant’Ana, em Feira de Santana.
Iniciou seu Ministério sacerdotal como Vigário na cidade de Conceição do Coité, sendo transferido, no ano seguinte, para São Gonçalo dos Campos, onde foi Vice-Reitor do Seminário Propedêutico Nossa Senhora da Providência, Vigário Paroquial daquela Cidade e Coordenador Diocesano da Pastoral Vocacional. Em julho de 2001, ainda como responsável da Pastoral Vocacional, foi nomeado Administrador Paroquial das Cidades de Tanquinho e Candeal. Em 2005 retornou à Feira de Santana para dinamizar melhor a Pastoral Vocacional e ser Vigário na Catedral Metropolitana de Sant’Ana.
No ano seguinte, foi transferido para ser Pároco na Cidade de Amélia Rodrigues, deixando a Coordenação da Pastoral Vocacional e assumindo a Coordenação Arquidiocesana de Liturgia, sendo designado membro da Equipe de Liturgia do Regional Nordeste III da CNBB, onde permaneceu por 3 anos e meio até ser enviado, outra vez, a Roma, em agosto de 2009, para os estudos de Mestrado em Liturgia no Pontifício Instituto Santo Anselmo e residindo no Colégio Pio Brasileiro até outubro de 2012.
Voltando ao Brasil, reassume a Coordenação de Liturgia e é enviado a então Paróquia Bem-Aventurado João Paulo II como Vigário Coadjutor até assumi-la como Pároco no dia 14 de julho de 2013, permanecendo por dois anos e meio nesta Paróquia.
No dia 12 de dezembro de 2015 foi divulgado sua transferência, para assumir, a partir de 31 de janeiro de 2016, a Paróquia da Catedral Metropolitana de Sant’Ana como Pároco.
Padre Ary, além de pastor por excelência, assume outras responsabilidades na Arquidiocese. É professor na Faculdade Católica, assumindo a cadeira de Sagrada Liturgia e Sacramentos desta Instituição. Colabora com a formação dos Seminaristas no Seminário Propedêutico Nossa Senhora da Providência e é o atual Coordenador Arquidiocesano de Liturgia, sendo o responsável pelas Cerimônias da Arquidiocese, além de ser membro da Equipe de Liturgia do Regional Nordeste 3 da CNBB. É também o coordenador da equipe de produção e apresentação do programa oficial da Arquidiocese, o Programa Abrindo Caminhos.
Esta é a História de uma Vocação que assume a missão de verdadeiro sacerdote, como diz a canção: “Servo por amor, sacerdote da humanidade” e vive na dedicação e total doação aquilo que afirma o seu lema sacerdotal: “Tendo amado os seus que estavam no mundo, AMOU-OS ATÉ O FIM!” (Jo 13,1).

Compartilhe :

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

instagram

facebook