Santa Missa em homenagem aos Catequistas – 30 de agosto de 2020

Na manhã deste 22° Domingo do Tempo Comum, 30 de agosto, às 10h, foi celebrada a Santa Missa em homenagem ao Dia do Catequista. O Pe Edmilson, presidente da celebração, acompanhado do Pároco Pe Arivaldo Aragão, do Seminarista Clebson e de Religiosas da Comunidade, orientadores da catequese, acolheram os catequistas da Catedral de Sant’Ana, àqueles que batalham, com dedicação e ardor, para levar às crianças, aos jovens e adultos, o melhor da fé.

Em sua homilia, Padre Ary enalteceu a oportunidade de estarem reunidos, presencialmente, após longos dias de distanciamento social, para rezar e bendizer ao Senhor pelo dom da vida da cada Catequista. Repetindo a frase “Sem a minha cruz, não posso seguir a Jesus“, pontuou que este tempo está sendo favorável para valorizarmos o que é essencial e tomarmos consciência de que “O culto espiritual que Deus espera de cada um de nós, começa em nós mesmos, ao me oferecer em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus“, refletiu o Pároco.

No encerramento da celebração, a coordenadora da catequese, Célia Andrade, proferiu palavras de agradecimento ao Padre Ary pelo presente com esta Missa Festiva, a todos que apoiaram a Catequese neste tempo peculiar de isolamento social e suspensão das atividades presenciais, e aos catequistas pelo sim diário de cada um à missão de evangelizar.

Padre Edmilson também dirigiu suas palavras em homenagem a estes homens e mulheres que atendem à vocação catequista, aconselhando-os a viver o querigma com renúncia, disponibilidade e formação constante. Em seguida, concedeu, a todos os presentes, radiouvintes e internautas, a bênção final.

Compartilhe :

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

instagram

facebook